Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

A operação de qualquer ambiente de informação em alta disponibilidade requer o envolvimento de diversos componentes, sendo as aplicações apenas uma delas. Este cenário não é diferente na operação da plataforma Softswicth PCRT.

A plataforma suporta diversas modalidades de operação em alta disponibilidade. Porém para que tal ambiente seja implantado é necessário que o Cliente disponha de:

  1. Infraestrutura física e lógica de processamento com capacidade de redundância, inclusive, se necessário, dispor de ambientes físicos distintos;
  2. Rede de comunicação entre os diversos elementos e, inclusive, entre os usuários com redundância;
  3. Ferramentas de monitoramento ativo do ambiente em todos seus elementos Consulte o Guia de Serviçso SIPPulse sobre os elementos que devem ser monitorados na operação da Plataforma Softswicth PCRT e outros produtos SIPPulse. ;
  4. Equipe capacitada para operar, monitorar e gerenciar eventos de exceção, em ambientes de alta disponibilidade.

A escolha do modelo de continuidade operacional depende de diversos fatores que devem ser estudados em conjunto com as equipes de infraestrutura e de serviços do Cliente, a equipe da SIPPulse e a estratégia de negócios do cliente. O modelo final a ser umplantado é decisão do Cliente.

A operação em modelos de alta disponibilidade irá afetar o licenciamento do Softswitch PCRT bem como as obrigações do Cliente no monitoramento e ação sobre o ambiente operacional (Data Center, Rede, etc)



  • No labels